BlogBlogs.Com.Br

.

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Recém casados: Não é hora do bebê

  Está casada significa que agora você vai ter ao seu lado uma pessoa para te fazer companhia, te dar carinho e também para receber carinhos seus, mas significa também que você terá uma vida sexualmente ativa. A maioria dos recém casados querem curtir sua nova vida e deixar os filhos para mais tarde. Daí entram os métodos contraceptivos.
A quantidade de artifícios para se evitar a gravidez é enorme o que facilita a adaptação de qualquer pessoa. Porém, alguns métodos necessitam acompanhamento médico para ter o melhor efeito possível sem tantas contra-indicações. Para você ficar por dentro dos métodos mais conhecidos e utilizados, leia as explicações abaixo:


- Abstinência periódica e cálculo dos dias férteis: Esse método só pode ser utilizado por mulheres que tenha o ciclo menstrual regular. Consiste em calcular os dias férteis, e nesses poderá haver ou não relações sexuais. Havendo, terá que ser utilizado um método de barreira: Camisinha, diafragma ou capuz cervical, sendo que os dois últimos juntamente com um gel espermicida. Esse método possui 75-95% de eficácia na prevenção da gravidez;


- Pílula anticoncepcional: São comprimidos contendo os hormônios progestina e estrogênio. Eles devem ser tomados todo o dia para impedir a liberação do óvulo. é importante esclarecer que, mesmo tomando a pílula anticoncepcional, a menstruação vem normalmente, porém com o fluxo reduzido, converse com seu médico à respeito. Esse método previne doenças inflamatórias pélvicas, câncer no ovário e no endométrio. Porém, possui muitas contra- indicações para pessoas com histórico de doenças cardíacas e outras doenças. É preciso acompanhamento médico para não haver problemas. A pílula possui 95-99,9% de eficácia.


- Mini-pílula: diferente do anticocepcional, ela possui somente o hormônio progestina. Ela deve ser tomada todos os dias para reduzir e engrossar o muco cervical e impedir o encontro do espermatozóide com o óvulo e também impedir que o óvulo fecundado se fixe no útero. Ela reduz o fluxo da menstruação e previne câncer nos ovários e no endométrio. O seu diferencial está em poder ser tomado por mulheres que possuem intolerância ao estrogênio, que possuem problemas cardíacos e lactantes . A eficácia é de 95-99,9%. Consulte o seu médico para ter certeza que tudo está OK.


-  DIU T de cobre:  Esse é um pequeno dispositivo que é colocado no colo do útero. Como o nome já diz, ele tem uma partizinha de cobre para evitar que o espermatozóide chegue até as trompas. Caso haja fecundação, ele pode impedir a fixação do óvulo no útero. Ele pode ficar no útero por até 10 anos e possui uma eficácia de 99% na prevenção da gravidez. É preciso acompanhamento médico para ter certeza de que está tudo bem.

- DIU Progestasert : Esse é um pequeno plástico em forma de T, que como o DIU de cobre é colocado no colo do útero. Ele contém progesterona ( hormônio produzido no ovário durante o ciclo menstrual), que faz o muco cervical engrossar e impedir a passagem do espermatozóide até o óvulo, e no caso haja fecundação, impede que o óvulo se fixe no útero. Ele pode ficar no útero por um amo e sua taxa de eficácia é de 98%. É preciso acompanhamento médico para verificar se está tudo bem.


- Implante (Norplant and Norplant 2) : São cápsulas colocadas debaixo da pele e que vão liberando pequenas e constantes quantidades de esteróides que previnem a gravidez. Elas podem ficar dentro da mulher por até cinco anos, mas elas podem ser absorvidas a qualquer momento, e poderá ocorrer gravidez. A sua eficácia é de 99,8%. É preciso acompanhamento médico para verificar se está tudo bem.


Depo-Provera : Nesse método anticoncepcional a mulher toma injeções do hormônio progetina nas nádegas ou  nos braços a cada três meses.  Ele causa perda da densidade óssea, por isso, só deve ser usado por muito tempo se houver uma intolerância a outros métodos. Sua eficácia é de 99,7%. É preciso acompanhamento médico para verificar se está tudo bem.






- Adesivo Ortho Evra : É um adesivo de pele usado usado durante três semanas, retirado na quarta semana para a vinda da menstruação e depois colocado novamente, ele libera na corrente sanguínea os hormônios progestina e estrogênio. Porém ele parece fazer efeito só em mulheres de até 90 Kg. É preciso acompanhamento médico para a prescrição desse medicamento e para verificar se está tudo bem.




-Anel vaginal contraceptivo hormonal (NuvaRing): NuvaRing é um anel que libera os hormônios progestina e estrogênio. Ele é usado da seguinte maneira: Você aperta o anel entre o polegar e o dedo indicador e o insere na vagina. O anel será usado por três semanas e na quarta é retirado para a menstruação e então, colocado novamente. Ele possui 99% de eficácia. É preciso acompanhamento médico para a prescrição  desse método e verificar se está tudo bem.




Diafragma e capuz cervical:  diafragma é moldado como uma taça rasa de latex. O capuz cervical é um dispositivo de latex em forma de dedal. Os dois possuem tamanhos diversos. Eles são utilizados juntamente com um gel espermicida e colocados dentro da vagina para tampar o colo o útero momentos antes da relação sexual. Mas fique atenta e converse com seu médico: Alguns espermicidas possuem compostos que podem causar reações. sua eficácia é de 90% para mulheres que não tem filhos e de 60-80% para aquelas que já foram mães. É preciso acompanhamento médico para a prescrição do tamanho certo e para verificar se está tudo bem.






Camisinha feminina:  Ela impede o esperma de entrar no seu corpo. Ele é feito de poliuretano, tem lubrificante e pode oferecer proteção contra doenças sexualmente transmissíveis. O preservativo feminino pode ser colocado até 8 horas antes do intercurso sexual. Esse método anticoncepcional tem entre 75-95% de eficiência na prevenção da gravidez.






Esses são os métodos mais seguros. Mas qualquer dúvida , converse com seu (a)
Médico (a), conte o seu ritmo de vida e ele vai te passar o método que mais se encaixa no seu perfil.   
 Vale lembrar que quase todos os métodos citados acima, precisam de prescrição médica.

BjoO*

.













0 comentários:

Postar um comentário

Você mudará seu nome quando se casar?

O que não pode faltar no seu casamento?

Você se considera uma noiva...

Seu casamento sera...

Qual será o modelo do seu vestido?

Você usará um vestido:

Seguidores